Toca-fitas

Aerosmith: Boa musica e belos carros.

No último dia 19, a banda Aerosmith lançou o videoclipe da música “What could have been love”, terceiro single do atual e 15º álbum da banda, sendo este o primeiro com músicas inéditas desde 2001. O clipe, que foi dirigido por Marc Klasfeld, correspondeu às expectativas do público. A música se apresenta com uma história agradável, takes clássicos  que trazem Steven Tyler fazendo caras e bocas acompanhadas dos movimentos de mão tão característicos do cantor, além do familiar bom gosto para carros.

No Clipe, o protagonista, a bordo de um Cadillac DeVille, passa por diferentes lugares entregando cartazes de desaparecimento enquanto lembra de seu romance com a garota que deseja reconquistar. O segundo núcleo traz Steven Tyler “afogando as mágoas” no mesmo bar em que a garota está com seu novo namorado, que parece uma versão “mal encarada” do ex, o que explica o protagonista entregar cartazes com sua própria foto. No final do clipe o rapaz encontra a garota, e como conseqüência disso se envolve em uma confusão com o atual namorado da moça.

O Carro: Cadillac DeVille, Terceira Geração.

A Marca “Cadillac” é a representante de luxo da General Motors e o complemento “DeVille” acompanha os modelos ainda mais luxuosos. A primeira geração do Cadillac DeVille começou a circular no ano de 1949 e teve sua última fabricação em 1996, por decisão da montadora de  o substituir por um modelo similar, o Fleetwood.

“Creating a higher standart”, este é o slogan que a montadora criou para divulgar a terceira geração do carro, a mesma geração que vemos no clipe do Aerosmith e que, tradicionalmente, vinha acompanhado de motor V8 e modelo automático.

Curiosidades:

– O novo clipe do Aerosmith foi dirigido por Marc Klasfeld, que já trabalhou com grandes nomes como: 3 Doors Down, Avenged Sevenfold, Bon Jovi, Foo Fighters, Slipknot, Tom Jones e The Script.

– A música “What could have been love” começou a ser escrita no ano de 2005 por Steven Tyler, que chamou seu amigo e co-escritor, Marti Frederiksen para concluir a música, o que só aconteceu em 2011.

– Marti Frederiksen já trabalhou como co-escritor da banda em outros singles como: Nine Lives, Jaded, Fly away from here, Sunshine, Girls of summer e outros.

A banda liderada por Steven Tyler tem uma história de bom gosto automobilístico. Dentre os clipes que trazem essa característica, os mais populares são Cryin’, Crazy e Girls of Summer.

Cryin´

No ano de 1993 a banda lançou o clipe da música “Cryin” que trazia a jovem Alicia Silverstone a bordo de um Mustang interpretando uma garota que, após ter sido traída pelo namorado, decide se rebelar.

O carro: Mustang, Primeira geração.

Entre 1964  – ano de lançamento – e 1973 o sucesso do Mustang inaugurou e produziu uma nova classe de automóveis a qual se deu o nome de “Pony Car”. Após dois anos de seu lançamento o modelo alcançou a marca de um milhão de unidades vendidas, sendo 70% na versão com motor V8 e os 30% restantes com motor 6L.

Algumas das principais mudanças que aconteceram durante a produção da primeira geração foram: o aumento de alguns centímetros na carroceria, o surgimento de traços mais agressivos e esportivos, além de novos opcionais para o motor como, por exemplo, o motor V8 Bigblock. Entretanto, as leis antipoluição levaram a  novas mudanças como diminuição da potência, e fabricação de carros mais leves e econômicos. Isto fez com que surgisse a segunda geração (1974-1978) que, para alguns, perdeu um pouco do encanto dos tão apaixonantes modelos esportivos.

Curiosidades:

– No clipe, o namorado de Alicia Silverstone é interpretado pelo ator Stephen Dorf, que tem em sua filmografia nomes como: “Imortais”, “Inimigos Públicos” e “Blade”.

– O que ator que aparece roubando a bolsa de Silverstone é o ator Josh Holloway, famoso por intepretar o Sawyer na série “Lost”.

– A atriz Alicia Silverstone gerou tamanho sucesso entre os fãs da banda que recebeu o título “Garota Aerosmith” e foi convidada para fazer mais dois clipes: “Amazing” e “Crazy”.

– “Pony Car” foi o termo criado pelo Jornalista e editor da revista “Car Life”, no momento do lançamento do Mustang, com a intenção de se referir as características do novo carro, como: elegância, design esportivo, grande desempenho e tamanho compacto. O termo surgiu para se referir ao Mustang, mas logo após seu lançamento outras montadoras começaram a desenvolver concorrentes para a categoria, fazendo com que o termo passasse a se referir a todos os carros que somassem essas características.

Crazy

No primeiro semestre de 1994 a banda lançou o terceiro clipe com Alicia Silverstone, mas desta vez ela não estava sozinha: tinha ao seu lado a atriz, e filha de Steven Tyler, Liv Tyler. O clipe continuava com mesma linha de “Cryin”, pois continha rebeldia, estrada, mulheres e, felizmente, um Mustang.

O carro: Ford Mustang, terceira geração.

Desta vez o carro escolhido foi um Mustang terceira geração (1979-1993), caracterizado por ter uma plataforma que resultava em carros mais compactos e presença de bancos traseiros. A Ford usou essa plataforma por aproximadamente 25 anos e ela também foi usada em outros modelos da montadora, como o Thunderbird e o Mercury Cougar.

Curiosidades:

– O ator Dean Kelly – que interpretou o agricultou que pega carona com as duas meninas – foi preso no ano de 2011, sob acusação de estuprar uma mulher de Nova Orleans.  O ator, que no tinha 39 anos na época, foi liberado após pagar a fiança de aproximadamente 59 mil reais.

Girls Of Summer

Foi no ano de 2002 que a banda lançou o clipe da música “Girls Of Summer”, que dessa vez trazia três mulheres “curtindo” um dia em South Beach. O clipe dirigido por David Mayers é bem humorado e bastante picante. Dentre todas as cenas, a que provavelmente é a preferida pela maior parte do público masculino é a que mostra a atriz Jaime Pressly interpretando uma garota mal intencionada que, querendo provocar dois rapazes dentro de uma Mercedes-Benz, lambe o emblema do carro e logo após o arranca do carro e guarda em sua bolsa.

O carro: Mercedes-Benz CLK, 2002.

Os modelos “CLK” começaram ser fabricados no ano de 1996. As siglas significam “Coupe Leicht Kurz”, se referindo a um coupé leve e curto, embora, desde o começo, tenha sido disponibilizada no modelo coupé e cabriolet.

Percebe-se, por este breve histórico, que Steven Tyler, Joe Perry e seus parceiros de banda possuem – e sempre possuíram – um ótimo gosto para carros. Gosto esse que faz um belo par com as produções musicais da banda, já que ambos – banda e carros – demonstram superar as barreiras do tempo.

 

Supernatural e a maldição do “Little Bastard”.

Sam Winchester na cena da misteriosa morte.

Ainda falando de James Dean e sua Porsche, no ano de 2009 foi ao ar o quinto episódio da quinta temporada da série de suspense “Supernatural”. O episódio traz o “Little Bastard” e o famoso mito sobre a maldição que o acompanha. A primeira cena começa com dois amigos em uma garagem comemorando terem encontrado a icônica Porsche após 17 anos de busca. Então, um dos homens decide entrar no carro enquanto o outro entra na casa para buscar a filmadora, e é nesse momento que, misteriosamente, o homem dentro da porsche morre, com ferimentos que seriam equivalentes ao impacto de um carro em movimento a aproximadamente 130 km/h. O caso misterioso atrai os irmãos Winchester, Dean   Winchester, o irmão mais velho que é apaixonado por carros, se interessa mais do que o normal pela história e decide ver o carro de perto. Então conta para o irmão – leigo no assunto – o mito de mau-agouro que acompanha o carro, e é a partir daí que eles começam a investigar o real motivo da morte do mais recente dono do carro que era dirigido por James Dean na hora de sua morte. Após o caso desvendado e resolvido, o episódio termina com Dean deixando seu irmão mais novo, Sam, dirigir seu carro, coisa que acontece raríssimas vezes na série, já que Dean é extremamente cuidadoso com seu carro, um belíssimo  Chevy Impala 1967, com motor V-8, mas falaremos do Impala em um próximo post.

A replica usada em cena traz detalhes da porsche que pertenceu a James Dean.

O Mito:

Após o acidente envolvendo o Porsche “Little Bastard” que causou a morte de James Dean, iniciou-se uma lenda urbana na qual outras mortes e mutilações aconteceriam à pessoas que entrassem em contato com a “Porsche amaldiçoada” envolvida no acidente.O mito começou depois que Gorde Barris – homem que originalmente personalizou o porsche de Dean – comprou a carcaça do carro por US$ 2.500,00 e, pouco depois, o carro escorregou do reboque e quebrou as duas pernas do mecânico. Depois do incidente, Barris vendeu o motor e outras peças para dois homens que, em seguida, se envolveram em acidentes, matando um e deixando o segundo gravemente ferido. Barris manteve o carro em seu poder enquanto vendia algumas peças, duas rodas foram vendidas para um homem que foi jogado para fora da estrada logo depois de as duas rodas, que antes pertenceram ao “Little Bastard”, estourarem ao mesmo tempo.

Depois de outros cinco incidentes, o porsche amaldiçoado sumiu enquanto era transportado por um caminhão baú, e, desde então, não se tem mais noticias do ” Little Bastard” ou de suas peças.

Michael Bublé e sua paródia de James Dean.

No clipe “Hollywood” o canadense aparece parodiando o ator James Dean.

O cantor canadense Michael Bublé lançou, no ano de 2010, o clipe da musica “Hollywood”, que foi dirigido por Rich Lee e traz o cantor parodiando diferentes artistas, entre eles, está o eterno rebelde sem causa, James Dean.

Em exatos 01 minuto e 37 segundos, aparece Michael usando a icônica jaqueta vermelha que Dean usou no filme “Juventude Transviada” (Rebel Without a Cause, 1955). Além da referência a jaqueta, o cantor encontra-se dentro de uma réplica da Porsche Spyder 550. Prateada, interior vermelho e com o número 130 estampado na frente e dos lados, assim como era o “Little Bastard”, de James Dean.

Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s