Aerosmith: Boa musica e belos carros.

No último dia 19, a banda Aerosmith lançou o videoclipe da música “What could have been love”, terceiro single do atual e 15º álbum da banda, sendo este o primeiro com músicas inéditas desde 2001. O clipe, que foi dirigido por Marc Klasfeld, correspondeu às expectativas do público. A música se apresenta com uma história agradável, takes clássicos  que trazem Steven Tyler fazendo caras e bocas acompanhadas dos movimentos de mão tão característicos do cantor, além do familiar bom gosto para carros.

No Clipe, o protagonista, a bordo de um Cadillac DeVille, passa por diferentes lugares entregando cartazes de desaparecimento enquanto lembra de seu romance com a garota que deseja reconquistar. O segundo núcleo traz Steven Tyler “afogando as mágoas” no mesmo bar em que a garota está com seu novo namorado, que parece uma versão “mal encarada” do ex, o que explica o protagonista entregar cartazes com sua própria foto. No final do clipe o rapaz encontra a garota, e como conseqüência disso se envolve em uma confusão com o atual namorado da moça.

  • O Carro: Cadillac DeVille, Terceira Geração.

A Marca “Cadillac” é a representante de luxo da General Motors e o complemento “DeVille” acompanha os modelos ainda mais luxuosos. A primeira geração do Cadillac DeVille começou a circular no ano de 1949 e teve sua última fabricação em 1996, por decisão da montadora de  o substituir por um modelo similar, o Fleetwood.

“Creating a higher standart”, este é o slogan que a montadora criou para divulgar a terceira geração do carro, a mesma geração que vemos no clipe do Aerosmith e que, tradicionalmente, vinha acompanhado de motor V8 e modelo automático.

  • Curiosidades:

– O novo clipe do Aerosmith foi dirigido por Marc Klasfeld, que já trabalhou com grandes nomes como: 3 Doors Down, Avenged Sevenfold, Bon Jovi, Foo Fighters, Slipknot, Tom Jones e The Script.

– A música “What could have been love” começou a ser escrita no ano de 2005 por Steven Tyler, que chamou seu amigo e co-escritor, Marti Frederiksen para concluir a música, o que só aconteceu em 2011.

– Marti Frederiksen já trabalhou como co-escritor da banda em outros singles como: Nine Lives, Jaded, Fly away from here, Sunshine, Girls of summer e outros.

A banda liderada por Steven Tyler tem uma história de bom gosto automobilístico. Dentre os clipes que trazem essa característica, os mais populares são Cryin’, Crazy e Girls of Summer.

Cryin´

No ano de 1993 a banda lançou o clipe da música “Cryin” que trazia a jovem Alicia Silverstone a bordo de um Mustang interpretando uma garota que, após ter sido traída pelo namorado, decide se rebelar.

  • O carro: Mustang, Primeira geração.

Entre 1964  – ano de lançamento – e 1973 o sucesso do Mustang inaugurou e produziu uma nova classe de automóveis a qual se deu o nome de “Pony Car”. Após dois anos de seu lançamento o modelo alcançou a marca de um milhão de unidades vendidas, sendo 70% na versão com motor V8 e os 30% restantes com motor 6L.

Algumas das principais mudanças que aconteceram durante a produção da primeira geração foram: o aumento de alguns centímetros na carroceria, o surgimento de traços mais agressivos e esportivos, além de novos opcionais para o motor como, por exemplo, o motor V8 Bigblock. Entretanto, as leis antipoluição levaram a  novas mudanças como diminuição da potência, e fabricação de carros mais leves e econômicos. Isto fez com que surgisse a segunda geração (1974-1978) que, para alguns, perdeu um pouco do encanto dos tão apaixonantes modelos esportivos.

  • Curiosidades:

– No clipe, o namorado de Alicia Silverstone é interpretado pelo ator Stephen Dorf, que tem em sua filmografia nomes como: “Imortais”, “Inimigos Públicos” e “Blade”.

– O que ator que aparece roubando a bolsa de Silverstone é o ator Josh Holloway, famoso por intepretar o Sawyer na série “Lost”.

– A atriz Alicia Silverstone gerou tamanho sucesso entre os fãs da banda que recebeu o título “Garota Aerosmith” e foi convidada para fazer mais dois clipes: “Amazing” e “Crazy”.

– “Pony Car” foi o termo criado pelo Jornalista e editor da revista “Car Life”, no momento do lançamento do Mustang, com a intenção de se referir as características do novo carro, como: elegância, design esportivo, grande desempenho e tamanho compacto. O termo surgiu para se referir ao Mustang, mas logo após seu lançamento outras montadoras começaram a desenvolver concorrentes para a categoria, fazendo com que o termo passasse a se referir a todos os carros que somassem essas características.

Crazy

No primeiro semestre de 1994 a banda lançou o terceiro clipe com Alicia Silverstone, mas desta vez ela não estava sozinha: tinha ao seu lado a atriz, e filha de Steven Tyler, Liv Tyler. O clipe continuava com mesma linha de “Cryin”, pois continha rebeldia, estrada, mulheres e, felizmente, um Mustang.

O carro: Ford Mustang, terceira geração.
Desta vez o carro escolhido foi um Mustang terceira geração (1979-1993), caracterizado por ter uma plataforma que resultava em carros mais compactos e presença de bancos traseiros. A Ford usou essa plataforma por aproximadamente 25 anos e ela também foi usada em outros modelos da montadora, como o Thunderbird e o Mercury Cougar.

Curiosidades:
– O ator Dean Kelly – que interpretou o agricultou que pega carona com as duas meninas – foi preso no ano de 2011, sob acusação de estuprar uma mulher de Nova Orleans. O ator, que no tinha 39 anos na época, foi liberado após pagar a fiança de aproximadamente 59 mil reais.

Girls of Summer

Foi no ano de 2002 que a banda lançou o clipe da música “Girls Of Summer”, que dessa vez trazia três mulheres “curtindo” um dia em South Beach. O clipe dirigido por David Mayers é bem humorado e bastante picante. Dentre todas as cenas, a que provavelmente é a preferida pela maior parte do público masculino é a que mostra a atriz Jaime Pressly interpretando uma garota mal intencionada que, querendo provocar dois rapazes dentro de uma Mercedes-Benz, lambe o emblema do carro e logo após o arranca do carro e guarda em sua bolsa.

O carro: Mercedes-Benz CLK, 2002.
Os modelos “CLK” começaram ser fabricados no ano de 1996. As siglas significam “Coupe Leicht Kurz”, se referindo a um coupé leve e curto, embora, desde o começo, tenha sido disponibilizada no modelo coupé e cabriolet.

Percebe-se, por este breve histórico, que Steven Tyler, Joe Perry e seus parceiros de banda possuem – e sempre possuíram – um ótimo gosto para carros. Gosto esse que faz um belo par com as produções musicais da banda, já que ambos – banda e carros – demonstram superar as barreiras do tempo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s